• White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon

© 2023 por A Rede. Orgulhosamente criado com Wix.com

De 9 a 13 de abril de 2019

Local: Rua José Pires Barroso, s/n, Via Expressa, Olaria (antigo CIEP)

Para cada Mesa de debates será emitido um certificado de participação com carga horária de 4 horas.

Os certificados serão enviados para o e-mail informado no ato da inscrição.

09/04

terça

18 horas

Mesa: Educação Inclusiva, Linguagem e Políticas Públicas

A barreira linguística na sala de aula bilíngue (Libras/Português)

Gabriel Simonassi - Mestre em Estudos de Linguagem (UFF)

Inclusão no Ensino Superior

Helio Orrico - Doutor em Educação (UEP)

Políticas Públicas para Educação Inclusiva

Ediclea Mascarenhas - Mestre em Educação (UERJ)

Mediadora:
Andrea Guerra Pimentel

10/04

quarta

18 horas

Mesa: Conflitos Socioambientais e Educação

O ensino de práticas agroecológicas em Ambiente de Agricultura Convencional

Eduardo Spitz - Doutor em Ciências, Tecnologias e Inovação em Agropecuária (UFRRJ)

Gargalos da Extensão Rural (educação não formal) na busca pela sustentabilidade no campo. Discussões com foco na Agricultura familiar da região Serrana do Estado do Rio de Janeiro.

Leandro Barros de Oliveira - Mestre em Ensino de Ciências, Ambiente e Sociedade (UERJ)

O uso das geotecnologias como ferramentas para o planejamento territorial

Douglas Leite Figueira - Mestre em Ciências Ambientais e Florestais (UFRRJ) 

Mediadora:
Vania heringer

11/04

quinta

18 horas

Mesa: Memória e Educação Patrimonial

Memória e Educação Patrimonial no projeto sobre o comércio de Nova Friburgo em meados do século XX

Geni Nader Vasconcelos - Mestre em Educação (UERJ) e Maria Ana Quaglino - Doutora em História (University of California) 

História Oral em sala de aula:procedimentos para uma análise interdisciplinar.

Gabriel Frazão - Pós-doutorando em História (UFF)

A Fundação Dom João VI de Nova  Friburgo e suas experiências no campo da Educação Patrimonial. 

Maria Ana Quaglino - Doutora em História (University of California) e Vanessa Cristina Melnixenco - Mestre em História Social (UNIRIO)

Mediador: orlando
amendola

12/04

SEXTA

18 horas

Mesa: O papel da linguagem no aprendizado das Ciências naturais e da terra​

As Ciências e seus múltiplos letramentos.

Kelly Cristine Oliveira da Cunha - Mestra em Estudos da Linguagem

 

Linguagens, ciências e desafios

Maycon Saviole - Especialista em Planejamento Urbano e Ambiental

A linguagem química interfere no aprendizado? Fato ou fake?

Sabrina Sanches - Doutora em Química Inorgânica (PUC-RIO)

MEDIADOR:érika Guimarães Ferreira

13/04

sábado

8h30min

Mesa: Reforma da Educação e BNCC

A BNCC e a prática nas escolas

Carlos Henrique Patricio - Pós-graduando em Ensino Lúdico

Capacitação de professores para o Ensino Médio Integrado

Hudineia Fitaroni

Política e Teorias Curriculares

Jaqueline Dália e Kelly Cristine

O ensino integrado e as reformas educacionais de hoje

Felipe Ferreira

MEDIADOR:
KELLY CRISTINE E JAQUELINE

13/04

sábado

13 horas

mesa: segurança Pública, discurso e educação

Discurso e poder: a construção do medo e  a invenção da segurança

Silvia Maria de Souza - Doutora em Estudos Linguísticos (UFF)

Hierarquia e disciplina militar na Academia 

Érika Guimarães Ferreira - Mestranda em Sociologia e Direito (UFF)

Relação de poder e militarização das escolas

Lenin Pires - Doutor em Antropologia

MEDIADOR:
PERLA ALVES BENTO
Ediclea Mascarenhas
Fernandes

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1982), graduação em Pedagogia pela Universidade do Grande Rio (1984), mestrado em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1991) e doutorado em Ciências na Área de Saúde da Criança e da Mulher pela Fundação Oswaldo Cruz (2000). Professor Adjunto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Professora Permanente do Mestrado em Diversidade e Inclusão da Universidade Federal Fluminense. Coordenadora da disciplina de Educação Especial da Fundação Centro de Ciências e Educação Superior à Distância do RJ, onde é membro da Comissão para Estudos e Propostas para Alunos com Necessidades Especiais. Membro do Conselho Estadual para Política para Pessoas com Deficiências, ex presidente no mandato 2014/2015. Presidente do Conselho Estadual de Direitos da Pessoa com Deficiência. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial, atuando principalmente nos seguintes temas: educação inclusiva, educação especial, formação de professores, práticas pedagógicas e adaptações curriculares em classes comuns, especiais e classes hospitalares. É líder do grupo de pesquisa Produção de Material Didáticos Acessíveis para Pessoas com Deficiências em Contextos Formais e Informais de Educação. Medalha Paulo Freire pelos serviços prestados no campo da Educação Especial no município de Duque de Caxias.

Helio Ferreira Orrico

Doutor em Educação pela Universidade Estadual Paulista (2011), Mestre em Cognição e Linguagem pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (2005).Possui graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade do Grande Rio (1986), Graduação e Licenciatura em Psicologia - Faculdades Integradas Maria Thereza (1996). Psicólogo clínico,Professor de Ensino Superior, Técnico em Treinamento e Desenvolvimento do Instituto Nacional do Seguro Social , membro do Grupo de Pesquisa: Diferença, Desvio e Estigma do Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Estadual Paulista de Marília e pesquisador colaborador do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação Inclusiva da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Amplo engajamento na área social, participando de organizações do 3º setor atuando na área de inclusão social da pessoa com deficiência. É Conselheiro do Conselho de Defesa de Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência de Duque de Caxias. Atuando principalmente nos seguintes temas: inclusão social, educação inclusiva, psicologia social, psicologia clínica,práticas institucionais, práticas pedagógicas, análise de discurso, educação especial e recursos de acessibilidade.

Jaqueline de Moraes Thurler Dalia

Possui graduação em Letras - Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa (2004), graduação em Letras - Língua Espanhola e Literaturas de Língua Espanhola (2009), graduação em Pedagogia (2013), especialização em Língua Portuguesa pela FFSD (2007), especialização em Ensino de Leitura e Produção Textual pela UFF (2013), mestrado em Educação Agrícola pela UFRRJ (2011) e doutorado em Letras pela UERJ (2017). Atualmente desenvolve pesquisa em estágio de Pós-Doutorado pela UFF, na área de Sociolinguística, sob a supervisão do Prof. Dante Lucchesi. É tutora presencial do CEDERJ no curso de Letras e professora de Língua Portuguesa do Instituto Federal Fluminense. Tem experiência na área de Educação e Letras, com ênfase em Currículo e Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: Pedagogia da Alternância, Educação do Campo, Currículo Integrado, Sociolinguística e Variação Linguística. Atua nos seguintes grupos de pesquisa: Núcleo de Estudos e Pesquisas em Pedagogia da Alternância, Educação do Campo e Ensino de Agroecologia - UFRRJ; e Núcleo de pesquisas e estudos sobre as ruralidades fluminenses - IFF.

Gabriel Almeida Frazão

Doutor em Sociologia Rural pelo CPDA/UFRRJ. Mestre em História Social pela Universidade Federal Fluminense. Professor de História do Instituto Federal Fluminense, no Campus Cambuci e tutor do CEDERJ ( Curso de Licenciatura em Pedagogia ) no Pólo de Nova Friburgo. No campo da pesquisa histórica possui experiência nos temas: Administração, Redes de Poder no Brasil colonial, História Agrária e Regional (Região Serrana o Rio de Janeiro) no Brasil Imperial. Em sociologia, desenvolveu reflexões relacionadas à Educação do Campo no século XX (principalmente no que diz respeito à Pedagogia da Alternância), políticas públicas relativas ao meio rural e extensão rural. É líder do Núcleo de Pesquisas e Estudos sobre as Ruralidades Fluminenses -CNPq/ IFF. Pesquisador associado à Rede Proprietas e membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Pedagogia da Alternância, Educação do Campo e Ensino de Agroecologia - UFRRJ. Atualmente desenvolve Pesquisa em Estágio de Pós-Doutorado no Instituto de História da Universidade Federal Fluminense, sob a supervisão da Profª Márcia Motta.

Maycon Saviole da Costa
Leandro Barros Oliveira

Biólogo graduado em Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (2008), Especialista em Planejamento Urbano e Ambiental (2011). Tutor coordenador no Polo CEDERJ-UERJ em Nova Friburgo (2017). Consultor ambiental e Diretor - Saviole Soluções Sustentáveis - Experiência na área de Gestão Hídrica, Serviços Ambiientais e Educomunicação, com ênfase em Educação Ambiental, atuando nos seguintes temas: educação ambiental, inclusão digital, pch, trabalho lúdico e energia.

Mestre em Ensino de Ciências, Ambiente e Sociedade pela UERJ (2017), pós-graduado lato sensu em Educação do Campo pela Faculdade de Educação São Luís, graduado em Licenciatura em Ciências Biológicas pela UFRJ (2014), Técnico em Meio Ambiente (2009) e Técnico em Agropecuária (2007) pelo IFRJ. Possui formação complementar em agroecologia pela UNICAMP (2011) e pelo IFES (2010). Atualmente exerce o cargo de Agente de Desenvolvimento Rural na EMATER-RIO e atua como Tutor Presencial nos cursos de Licenciatura em Ciências Biológicas (CEDERJ/UERJ) e Técnico em Agronegócio (Rede e-TEC Brasil/ SENAR).

Kelly Cristine Oliveira da Cunha

Mestra em Estudos da Linguagem pela UFF e pesquisadora do Grupo de Estudos e Laboratório em Psicolinguística Experimental (GEPEX) na linha de pesquisa Psicolinguística e Letramento, é especialista em Alfabetização das Crianças das Classes Populares (UFF) e em Culturas da América Latina (CEFET) e graduada em Letras. Atua como Tutora Coordenadora do Curso de Letras (UFF) no polo CEDERJ de Nova Friburgo, é tutora das disciplinas de Linguística I, Linguística II e Latim Genérico no referido curso e professora de Língua Portuguesa e áreas afins.

Sabrina Guimarães Sanches

Graduação em Engenharia Química e Engenharia de Produção Química em 2006, mestrado em 2009 e doutorado em 2013 pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Tenho experiência na área de química, com ênfase em catálise, atuando principalmente em sínteses e caracterizações de catalisadores óxidos e materiais mesoporosos, reações de reforma a vapor do metanol e fotocatalítica, para a obtenção de hidrogênio. Pós-doc de set/2013 a fev/2016 no Instituto de Química/UFRJ no projeto de síntese e caracterização de catalisadores oxidativos para a reação de ODH do propano.

Érika Guimarães Ferreira
Lenin dos Santos Pires

Mestranda em Sociologia e Direito pela UFF e pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Sociologia do Direito (NSD) na linha de pesquisa Políticas Públicas de Segurança Pública e Administração Institucional de conflitos. É especialista em Gestão Escolar (UNIG) e em Gestão Pública (UFF). Possui graduação em Psicologia  com habilitação em Licenciatura Plena, Bacharel e Formação de Psicólogos. Servidora pública municipal (2000), atualmente exerce a função de Coordenadora Pedagógica. Também atua como mediadora pedagógica das disciplinas Psicologia da Educação para o curso de Pedagogia e, Gestão em Administração Pública e Introdução à Educação a Distância para o curso Tecnologia em Segurança Pública e Social, sendo também articuladora acadêmica deste curso no Polo CEDERJ/Nova Friburgo. Tem experiência na área de Educação e Administração Pública (Docência, Subsecretaria Administrativa SME e Direção de creche e escola), Tutoria, coordenação e organização de eventos (CEDERJ) e Políticas Públicas em Educação (CME e SME).

Doutor em Antropologia pela Universidade Federal Fluminense (2010). É professor do Departamento de Segurança Pública e diretor do Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos da UFF (InEAC/UFF) quadriênio 2017-2021. Atua como professor permanente dos Programas de Pós-Graduação em Antropologia e de Sociologia e Direito, ambos da Universidade Federal Fluminense. É pesquisador associado do Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos (INCT-InEAC). Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Administração de Conflitos. Suas pesquisas focalizam os imbricamentos existentes entre conflitos, direitos civis e práticas não-legais em contextos classificados como mercados informais, segurança pública e transportes urbanos.

Eduardo Spitz de Carvalho

Possui Doutorado em Ciências, Tecnologia e Inovação em Agropecuária (UFRRJ) e graduação em LICENCIATURA EM CIÊNCIAS AGRICOLAS pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2002). Atualmente é professor docente I - SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO.

Hudineia Fitaroni França de Souza

Possui Mestrado Profissional em Física (UFRJ), especialista em Ensino de Ciências (UFF) e graduada em Licenciatura em Ciências. Atualmente é professora formadora do Polo Avançado de Formação (PAF) - Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro e professora de Física do Centro educacional Labor de Cordeiro e Colégio Múltiplos.

Gabriel Simonassi de Araújo Pires

Mestre em Estudos de Linguagem pela UFF, onde desenvolveu pesquisa sobre a expressão de aspecto em Libras a partir de um ponto de vista formalista. Licenciado em Letras - Português/Literaturas pela mesma universidade, cursa a graduação em Português/Inglês.  Já atuou como (i) tradutor e revisor no projeto internacional SpreadTheSign, cujo foco é a coleta e divulgação científica em Libras, (ii) professor de língua inglesa como língua estrangeira e (iii) tradutor, intérprete e revisor no par português/inglês. Atualmente é membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Linguística Teórica e Experimental (GEPEX) na UFF.

Geni Amélia Nader Vasconcelos

Possui graduação em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia Santa Doroteia(1968), especialização em Sociologia da Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro(1971), mestrado em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro(2000) e aperfeicoamento em Antropologia Cultural pela Universidade Federal do Rio de Janeiro(1973). Atualmente é do Colégio Nossa Senhora das Dores. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Fundamentos da Sociologia. Atuando principalmente nos seguintes temas:cotidiano, rede, mediação, educação, Juventude e recepção.

Maria Ana Quaglino

Possui Bacharelado e Licenciatura em Historia pela Universidade Federal Fluminense (1981 e 1979), mestrado em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992) e doutorado em Historia pela University Of California Los Angeles (2003). Trabalhou com pesquisa nas seguintes instituições: Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC), Fundação José Bonifácio/Faculdade de Economia/UFRJ e Centro de Documentação e Pesquisa em História Contemporânea do Brasil (CPDOC) da Fundação Getúlio Vargas. Foi professora do departamento de Estudos Sociais Aplicados da Universidade Estácio de Sá e é professora aposentada da Secretaria de Estado de Educação do Estado do Rio de Janeiro. Atualmente é Historiadora da Fundação Dom João VI de Nova Friburgo (antigo Centro de Documentação Histórica Pró-Memória da Prefeitura de Nova Friburgo). É também pesquisadora do LANTEG/DEE-UFRJ. Tem experiência na área de História do Brasil e História Contemporânea, tendo atuado nos seguintes temas: Historia do Brasil - República (industrialização e militares), História Oral (metodologia e desenvolvimento de projetos), História da Cultura (ciência e mídia), História Regional, Identidade, Memória e Patrimônio.

Silvia Maria de Sousa

É professora adjunta de Linguística no Departamento de Ciências da Linguagem e do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem da Universidade Federal Fluminense. Possui Graduação em Letras, Mestrado e Doutorado em Estudos Linguísticos pela mesma Universidade. É vice-líder do grupo de pesquisa em Semiótica e Discurso (SEDI) , integrou a diretoria da Associação Brasileira de Estudos Semióticos (ABES) entre 2012-2017. Foi vice-ccordenadora do GT de Semiótica da ANPOLL (2012-2014). Teve projetos de pesquisa contemplados por agências de fomento (APQ1 ? Faperj /2015) e Jovem Cientista do Nosso Estado (FAPERJ -2016-2019). Seus temas de pesquisa principais são narrativas transmidiáticas, textos sincréticos e mídia popular. Lançou o livro Silvio Santos Vem Aí: programas de auditório do SBT numa perspectiva semiótica (EdUFF, 2011), além de vários artigos e capítulos de livros em coletâneas. É coautora do projeto Apoema (coleção de livros didáticos de Língua Portuguesa para o Ensino Fundamental - Editora do Brasil -2013)

Felipe Ferreira
Carlos Henrique Patricio

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro - linha Currículo, Docência e Linguagem, sob orientação da professora Dra. Giseli Barreto da Cruz. Mestre em Educação pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO (2012), na linha de Práticas Educativas, Linguagens e Tecnologia. Licenciado em Letras (Português / Inglês / Literaturas de Língua Inglesa ) pela Faculdade de Filosofia Santa Dorotéia ( 2003 ), possui especialização em Linguística Aplicada ao Ensino ( 2005 ) pela mesma instituição. Professor do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca - CEFET/RJ, campus Petrópolis, em regime de dedicação exclusiva. É integrante do GEPED (Grupo de Estudos e Pesquisas em Didática e Formação de Professores), grupo que é vinculado ao LEPED (Laboratório de Estudos e Pesquisas em Didática e Formação de Professores), da UFRJ.

Gestor da Escola Municipal Comandante Amaral Peixoto. Escola premiada no prêmio professores do Brasil em 2017. É Professor, Contador de histórias, AUTOR dos projetos O menino Maluquinho Viajando por Magé,  cordel e Identidade na rede de ensino de Mage. Atuou como Coordenador da sala de leitura pela secretaria de Educação de Magé de 2014 a 2016. Autor do projeto Nosso olhar : Valorizando a cultura escolar 2018. Destaque municipal. Pedagogo. Cursando pós graduação em Ensino Lúdico.

Gestor da Escola Municipal Comandante Amaral Peixoto. Escola premiada no prêmio professores do Brasil em 2017. É Professor, Contador de histórias, AUTOR dos projetos O menino Maluquinho Viajando por Magé,  cordel e Identidade na rede de ensino de Mage. Atuou como Coordenador da sala de leitura pela secretaria de Educação de Magé de 2014 a 2016. Autor do projeto Nosso olhar : Valorizando a cultura escolar 2018. Destaque municipal. Pedagogo. Cursando pós graduação em Ensino Lúdico.

Douglas Leite Figueira

Mestre em Ciências Ambientais e Florestais, pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2016-2018). Profissional com experiência em docência na Educação Básica, em escolas públicas e privadas e experiência com tutoria em graduação no estilo semi-presencial. Experiência na área de análise de geoprocessamento na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura Municipal de Nova Friburgo, como tutor presencial do Consórcio Cederj/Cecierj, no curso de Geografia, oferecido pela UERJ e como pesquisador no Laboratório de Manejo de Bacias Hidrográficas - UFRRJ

Polo CEDERJ Nova Friburgo

 

Clique no link com o endereço completo para acessar o mapa.

QUEM SOMOS

www.cederj.edu.br

Sobre o Cederj

O Consórcio Cederj pertence à Fundação Cecierj, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, conta com mais de 45 mil alunos matriculados nos cursos universitários a distância. O Consorcio CEDERJ é composto por oito instituições públicas de ensino superior sediadas no Estado do Rio de Janeiro (CEFET/RJ; UERJ; UENF; UNIRIO; UFRJ; UFF; UFRRJ; IFF-Campos), com o objetivo de oferecer cursos de graduação a distância, na modalidade semipresencial para todo o Estado. O Consórcio conta atualmente com 15 cursos de graduação  (Administração; Administração Pública; Engenharia de Produção, Tecnologia em Sistemas de Computação, Tecnologia em Gestão de Turismo; Tecnologia em Segurança Pública e Social e as seguintes licenciaturas: Ciências Biológicas, Física, Geografia, História, Letras, Matemática; Química; Turismo e Pedagogia). 

 

 

O Consórcio disponibiliza 32 polos regionais, localizados em: Angra dos Reis, Barra do Piraí, Belford Roxo, Bom Jesus do Itabapoana, Campo Grande, Cantagalo, Duque de Caxias, Itaguaí, Itaocara, Itaperuna, Macaé, Magé e Miguel Pereira. Além de Natividade, Niterói, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Paracambi, Petrópolis, Piraí, Resende, Rio Bonito, Rio das Flôres, Rocinha, Santa Maria Madalena, São Fidélis, São Francisco de Itabapoana, São Gonçalo, São Pedro da Aldeia, Saquarema, Três Rios e Volta Redonda.

 

 

 

Como é o aprendizado          

 

Por meio do modelo semipresencial de ensino, o CEDERJ proporciona ao aluno um Ambiente Virtual de Aprendizagem (pela internet), mas conhecido como AVA, e acesso aos tutores para apoio direto sobre o conteúdo das matérias. Os universitários realizam as atividades propostas e são orientados para a metodologia da educação a distância (EAD), com ênfase na necessidade de se adquirir autonomia nesta aprendizagem.

O aluno recebe gratuitamente o material didático do curso, seja online ou impresso. Quanto às avaliações presenciais, elas ocorrem em datas e horários pré-determinados. Em caso de dúvidas, os universitários podem tirá-las por telefone (0800), presencialmente nos polos ou pela internet.

 

O aluno formado no CEDERJ tem o seu diploma expedido pela universidade à qual está vinculado.


http://polofriburgo.wordpress.com

SOBRE A FUNDAÇÃO

A Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro -  Cecierj  desenvolve projetos nas áreas de educação superior a distância e divulgação científica, atingindo diretamente mais de 60 mil pessoas/ano residentes nos 92 municípios do Estado do Rio de Janeiro. Além dos cursos de graduação a distância por intermédio do Consórcio Cederj, são oferecidos:

No polo Nova Friburgo são oferecidos, no momento, cinco cursos de Licenciatura:

 

Ciências Biológicas (UERJ)

Pedagogia (UERJ)

Geografia (UERJ)

Letras (UFF)

Química (UENF)

Tecnólogo em Segurança Pública e Social (UFF)

 

Pré-Vestibular Social.

 

                           

                     

Pré-Vestibular Social (PVS) - curso preparatório para as provas de acesso às universidades, projeto dirigido àqueles que já concluíram ou que frequentam o último  ano do Ensino Médio e desejam realizar as provas para ingresso nas universidades, mas não têm condições de arcar com os custos dos cursos preparatórios particulares;

Formação continuada de professores da educação básica, com a oferta de cursos modulares em diversas áreas: Antropologia, Arte e Comunicação, Biologia, Educação em Ciências, Educação Especial e Inclusiva, Física, Informática Educativa, Geociências, Governança: Gestão, Auditoria e TI, Letras, Matemática e Química;

 

Projetos de Divulgação Científica, como Praça da Ciência Itinerante, Jovens Talentos para Ciência, Lona da Ciência, Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação (FECTI), entre outros, que visam popularizar o conhecimento científico no Estado do Rio de Janeiro.

 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now